contato@assai.pr.gov.br | (43) 3262-1313

Webmail

Cultura Nordestina

O processo efetivo de colonização da região de Assaí iniciou-se por volta do ano de 1932, através da Companhia Colonizadora Três Barras.

O povoado começou a se desenvolver, sobretudo com a chegada de famílias japonesas e, posteriormente, com a vinda de paulistas, mineiros e nordestinos, atraídos pelo solo fértil, muito propício para o cultivo do café e do algodão, uma vez que Assaí era considerada a capital do algodão e do café. 

Em Assaí a presença os migrantes nordestinos foi imprescindível para a fundação e formação da cidade, logo o Prefeito Municipal Michel Ângelo Bomtempo, instituiu a Festa Nordestina de Assaí, como homenagem aos nordestinos que aqui residem e que muito contribuíram para o desenvolvimento da cidade.

A Festa Nordestina de Assaí


A Festa Nordestina homenageia os trabalhadores e seus descendentes que vieram do Nordeste para a colheita do algodão acabaram transformando Assaí em suas casas.

Comidas típicas, shows, brincadeiras folclóricas, oficinas e exposição de artesanatos fazem parte dos festejos que duram três dias.

No município de Assaí, existem trabalhos desenvolvidos com relação à colonização japonesa e nordestina, o texto do link abaixo compõe o terceiro capítulo da Monografia: Migrantes nordestinos no cultivo do algodão (Assai - PR, década de 1950): leituras a partir da escola, apresentada ao curso de especialização em História Social e Ensino de História – Departamento de História da Universidade Estadual de Londrina, sob orientação da Profª. Drª. Regina Célia Alegro.